VAMOS RIR UM POUCO ?

Essa poesia é de um altíssimo nível cultural   kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

 

O  CUME

 

No alto daquela serra

Eu plantei uma roseira

O mato no cume arde

A rosa no Cume cheira

xxx 

Quando cai a chuva grossa

A água do come desce                                                              

O orvalho no cume brilha                                                            

 O  mato no Cume cresce

xxx

Mas, logo que a chuva cessa

Ao Cume volta a alegria

Pois volta a brilhar depressa

O sol que no Cume ardia

xxx

E quando chega o verão

E tudo no Cume seca

O vento o Cume limpa

E o Cume fica careca

xxx

Ao subir a linda serra

Vê-se o Cume aparecendo

Mas, começando a descer

O Cume vai se escondendo

xxx

Quando cai a chuva fina

Salpicos no Cume caiem

Abelhas no Cume picam

Lagartos do Cume saem

xxx

A hora crepuscular

Tudo no Cume escurece

Pirilampos no Cume brilham

E a lua no Cume aparece

xxx

E quando vem o inverno

A neve no Cume cai

O cume fica tapado

E ao Cume ninguém vai

xxx

Mas a tristeza se acaba

E de novo vem o verão

O gelo do Cume cai

E todos ao Cume vão

xxxxxxxxxx

        ( Autor desconhecido)

 

Alegria e muita saúde para todos


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!